Plantio de tabaco possibilita qualidade de vida aos agricultores da região Sul do Brasil

Plantio de tabaco possibilita qualidade de vida aos agricultores da região Sul do Brasil

Uma recente pesquisa, encomendada pelo SindiTabaco e realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mostrou que enquanto 80,4% dos produtores de tabaco se enquadram nas classes A e B, a média geral brasileira não chega a 22%. Isso porque a produção e comercialização de tabaco possibilita que as famílias dos agricultores da região Sul do Brasil tenham um bom padrão socioeconômico.

Os trabalhadores do campo, em sua maioria, declararam-se satisfeitos em trabalhar com a produção de tabaco. Para 90% deles a escolha por esta cultura se deve ao fato de “ter garantia de venda” do produto e por ser a “cultura mais rentável/lucrativa” do mercado. Grande parte dos produtores (99%) tem acesso a água aquecida para banho, energia elétrica e fossa séptica para esgoto, diferente da realidade de muitas regiões do país. Além disso, muitas propriedades agrícolas contam com maquinário moderno, o que garante bem-estar aos trabalhadores durante o manuseio das lavouras.

Posts Relacionados

Embalagem: outro ponto diferencial do Tabaquin.

Embalagem: outro ponto diferencial do Tabaquin.

Para nós, a qualidade é levada a sério em todos os processos. Por isso, nossas embalagens são pensadas exclusivamente por nosso time de marketing. Além do design, que é referência para o segmento e se destaca no ponto de venda, as nossas...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish
Open chat